Tag Archives: moças

Modéstia e simplicidade para moças

7 nov

Salve Maria! Modéstia e simplicidade para moças: bata de cambraia e saia de botões na frente de algodão.

Estampas miúdas e delicadas para batas e vestidos de chambray ou algodão leve…

Vestidos com decotes devem ser adaptados!

Bata de cambraia estampada. 

O cardigã é um ótimo aliado para vestidos sem mangas (reparar o decote).

O colete de chambray faz conjunto com a saia. A bata estampada deixou-o mais gracioso.

Blusa de seda estampada com ares de princesa!

Vestido de viscose de mangas longas: uma opção para a Santa Missa!

Outra linda bata de seda!

Conjunto e blusa de gola alta: lindos!

Não é difícil ser modesta!

 

Ser jovem e modesta

3 set

 

 

 

 

 

 

Alegre, jovem e modesta

19 ago

 

 

Saia plissada e visual para moças

29 jul

 

Inspirações para moças

18 jun

Neste post, algumas inspirações de estilo para jovens católicas que querem se vestir com modéstia e beleza!

#Vestido meigo e divertido!

Um vestido meigo combina com moças delicadas, que querem estar belas, sem chamar atenção! Este traz uma estampa fofa de coração, com o detalhe da gola de lacinho: copie para você! Vestido de viscose, forrado.

#Bata com detalhe de renda

A bata é versátil e modesta…. soltinha, ela é confortável e nunca deixa o visual pesado. Convém usar uma camiseta por dentro como peça íntima para evitar transparência. Enfeite a sua com bico de renda!

#Vestido de bolinhas com blazer

O vestido de bolinha fica bem em mulheres de todas as idades, e as jovens podem testar muitas combinações de cores. Aqui, o laranja traz alegria e a estampa tira a seriedade do casaco/blazer. 

#Blusa chique

Uma blusa mais sofisticada de seda, para ocasiões especiais, como a Santa Missa. O modelo deve ser criativo, com detalhes românticos, para não criar uma aparência pesada demais.

#Casaqueto 

O casaqueto de estampa vichy dá estilo para muitas roupas básicas. Você pode testar também outras estampas, como xadrez, floral, listras, etc. Uma peça coringa no seu guarda-roupa!

Espero que tenham gostado das dicas!

Salve Maria!

[Teus Vestidos Retrô]: Anos 80

25 mai

Salve Maria!

Inaugurando a seção Retrô do blog, vamos comentar uma vitrine com autênticos visuais dos anos 80! Quem diria que há bem pouco tempo atrás, os padrões eram outros. Eu sempre comento com algumas pessoas: hoje há quem rejeite uma saia midi ou ateste que certo modo de se vestir é propriedade de  “pessoas quadradas”, mas basta a moda ditar uma coisa, que isto vira a forma de vestir mais comum do mundo. Um padre comentou isso num livro – não lembro agora qual – antigo. Ele fazia o maior esforço, nos anos 60 (lançamento da mini-saia)  para as mulheres usarem uma saia que cobrisse pelo menos os joelhos. Na época, ninguém queria, afinal este tamanho era coisa de gente “atrasada”. Pois bem, então vieram os anos 70, com as saias e vestidos longos, e aquelas mulheres que não usavam uma saia média por nada… todas aderiram ao tamanho maxi. Eis como agem as vítimas da moda.

Aqui, claro, apresentamos algumas coisas interessantes dos anos 80, dentro do padrão de modéstia- pois sabemos que há outras “modas” extravagantes desta época; o ponto aqui, no entanto, é perceber como desapareceu completamente o modo de se vestir com mais recato, sem que isto esteja restrito a um grupo tão específico, tal como é hoje.  Cobrir o corpo só é algo anacrônico na nossa época, e no futuro – o que é certo, pois o Imaculado Coração triunfará – nada será tão datado quanto a imodéstia dos nossos dias. A verdade é que usar roupas que realmente cobrem o nosso corpo é uma coisa eterna. Começou quando Deus vestiu Adão e Eva no paraíso.  

Vejamos algumas características interessantes desta época!

Roupas para jovens: um padrão quase dos anos 40 e 50. Os anos 80 tinham um lado muito romântico, como se nota pelo grande ícone da época: Lady Di.

Modelagem enorme e volumosa: era muito comum que os casacos e moletons (peça básica da época!) parecessem um ou dois números acima do que a pessoa aparentava usar.  O look monocromático também era uma marca registrada dos anos 80. 

Romantismo nas golas; notem também como praticamente todas as peças dos anos 80 – blusas, vestidos, casacos – tinham ombreiras.

O uso de meia calça era relativamente comum.

Editorial de inverno.

Algo possível apenas nos anos 80: olhem o uso da cor rosa, uma das preferidas da década! Havia um lado extravagante no uso das cores; a estampa do vestido é típica do período, estampado com cores fortes, de flores.

Visual clássico : manga longa e gola fechada. 

Penteado comum do período: franja lateral e presilha de laço. Com certeza muita gente lembra disso! E os lacinhos?! 

A cor branca era muito usada! E esses óculos [estranhos]? Os cabelos cacheados e naturais estavam em alta, e os cortes eram repicados para dar ainda mais volume! À esquerda, modelagem de saia que praticamente só existiu nos anos 80: justo em todo quadril e rodado no restante.

Beleza e maquiagem:

Sobrancelhas desenhadas, pouco afinadas e geralmente escuras, mesmo quando a mulher é loira; tom do batom forte e olhos marcantes.

 

Tamanho longo:

Como podem ver, as mulheres usavam muitos penteados com o cabelo preso. Muito elegante!

Mangas bufantes:

***

Não perca a galeria Lady Diana nos anos 80!

Salve Maria!

Três visuais básicos para moças

27 out

Salve Maria!

Eis três exemplos de como as jovens moças podem se vestir com modéstia, de forma simples e bonita! Estes visuais são fáceis de serem copiados, e podem lhe dar outras ideias… vamos à eles!

#1

Este vestido midi de bolinhas é um clássico! Muito simples, ele é rodado, franzido na cintura, tem cinto forrado do mesmo tecido e decote alto. Pode ser feito de viscose, rayon, chiffom e tecidos que tenham caimento bom. Você pode pensar em outras estampas, até mais claras, na hora de encomendar o seu na costureira. Está confortável e modesto, além de ser um modelo gracioso e leve para as mais novas… Os sapatos que a moça está usando combinaram muito bem. Servirá para os passeios e para a Santa Missa!

#2

A saia modesta e rodada ganhou um ar jovem por conta da estampa rosa de bolinhas brancas: a escolha de um simples tecido pode transformar um modelo que antes parecia “sério” demais. Batas, blusas delicadas ou suéter [como na foto] são opções para variar com uma saia como esta. Você pode usar os mesmos tecidos indicados para o vestido anterior. 

#3

Um vestido fresco e estampado de verão: botões no busto e cinto de tecido, marcando a cintura. Para mim está muito rente nos joelhos, e as mangas também podiam ser um pouco maiores. Mas o modelo está mesmo lindo! O vestido é de algodão, como cambraia. 

Gostaram? Espero que sim!

A Paz!

Anáguas decoradas: aproveite para as suas saias e vestidos.

6 jun

Hoje falaremos de uma idéia interessante para tornar seu visual mais modesto: as anáguas decoradas.

Como a maioria de nós sabe, a anágua é uma espécie de saia usada por baixo da roupa – é portanto uma peça íntima – que tem a excelente serventia de evitar que nossas saias fiquem transparentes, da mesma maneira que adicionam à elas um volume extra.

Uma “anágua decorada” será assim chamada pelo fato de que a sua barra irá aparecer para desempenhar uma função: tanto estética (deixar uma saia mais bonita), como modesta (deixá-la mais longa).

Vamos supor que a moça tenha no guarda-roupa algumas saias aposentadas, pelo fato de que terminam na altura dos joelhos, ou não os cobre por um triz: é para estes modelos que a nossa anágua decorada terá especial serventia – já que se a saia for curta demais, o resultado não será bom. 

Vejamos um exemplo:

Esta anágua é feita com um material de forro comum [por exemplo, musselina, organza, cetim - tecidos frios; ou flanela - tecido quente] e costurada com um bico francês na barra. Você também pode fazê-la com um tecido 100% algodão [sugestão da Marisa :) ], pois dessa forma, não esquenta muito. Há moças que ficam na dúvida sobre que tecido usar para anágua: há muitas possibilidades. Porque, na verdade, vai depender do seu gosto e necessidade – não é preciso fazer com um tecido “baratinho” só porque ela não vai aparecer… o tricoline ou a cambraia não são caros, e você pode usar tranquilamente; investindo em algo melhor, durará mais.

 O bico pode ser encontrado de quase todas as cores, mas branco combina com tudo.

Veja o resultado na foto, usada com um vestido por cima:

O bico de perto:

Com camadas de bicos:

Deixando a saia mais longa com o modelo acima:

Como puderam ver, o resultado ficou bonito e delicado, de modo que acrescenta mais ou menos 3 a 4 dedos no comprimento da sua saia ou vestido.

Outro exemplo:

Percebam que há uma gama de opções quando se trata de fazer a sua “anágua decorada”: esta barra foi feita com um tecido e decorada com outro franzido [atualmente é possível encontrar esta decoração pronta, com vários temas, em grandes armarinhos]. Desta vez a barra foi maior, acrescentando pouco mais de 1 palmo de comprimento: ideal para as suas saias imodestas que terminam exatamente antes dos joelhos!

Para uma anágua feita com tecido estampado, escolha bem o tema da estampa, que combine com a peça que está tentando recuperar… esta, por exemplo, ficaria bom com um vestido branco, preto, cinza ou bege. Tenha isto em mente quando planejar a sua!

Também é uma idéia divertida para as moças na adolescência… e também servirá para que elas providenciem uma maneira rápida de andar com modéstia. A moça pode ter no seu guarda-roupa algumas dessas saias facilmente encontradas nas lojas – que não chegam a cobrir os joelhos – e para não perdê-las pode encomendar uma anágua semelhante. Pois não sairá caro mandar fazer uma; além do mais, a anágua não aparecerá senão na barra, de modo que nem será preciso ser muito exigente em matéria de costureira. Tenho certeza de que a primeira que encontrar poderá resolver o assunto!

Observem como a saia ficou mais longa:

Veja esta:

Um tecido nobre pode ser igualmente usado na sua anágua decorada. Uma outra razão para tê-la é o fato de que alguma saia ou vestido vendido numa loja de departamento pode lhe interessar e ser realmente em conta para acrescentar no seu guarda-roupa modesto. [Não negamos que às vezes comprar pronto é realmente prático ]. Só que mais uma vez… o comprimento da peça vendida na loja não é satisfatório! A anágua decorada poderá ser uma solução – isto, obviamente, se a peça vendida não for curta demais (ela deve estar no padrão que descrevemos anteriormente).

Recuperando um vestido:

Detalhe aqui:

Outra cor:

Para as meninas pequenas, a anágua também ficará uma gracinha… e o vestido não ficará curto! Até mesmo os vestidos delas sofrem com a imodéstia! É preciso acostumar desde cedo as filhas com o padrão correto e bom; pois isso ajudará a desenvolver seu senso de pudor. Muitas vezes a mãe não dá a devida importância para isso – mas a verdade é que a criança em formação necessita de padrões muito rígidos, e o mais curioso é que elas cobram isto!

Experimente a mãe dar ordens de que não se pode usar decote: a filha em aprendizado será mais rigorosa que o Guia Mariano da Modéstia! Lembro-me de uma vez ter usado um vestido com mangas até os cotovelos, mas que tinha um botão um pouco mal feito, de modo que ficava um pequeno buraco mostrando a minha pele nesta parte do braço. Pois bem: a filha de uma amiga minha, de apenas 5 anos,deu-me o seguinte conselho, enquanto tentava esconder o buraco: “você tem que mandar costurar isto“.  Formai as filhas na modéstia com tamanho rigor, e Nossa Senhora terá orgulho imenso!

Detalhe aqui:

A anágua decorada pode deixar suas peças com um toque gracioso, recuperar saias e vestidos fora do padrão e ser uma boa aliada no guarda-roupa. Só não faça dela “A” solução para comprar as roupas em loja, pois como todas nós sabemos, as saias e vestidos das lojas têm sempre um padrão abaixo da modéstia mariana – e ninguém quer sair usando anáguas decoradas com TODAS as roupas que têm.

Façam bom uso e aproveitem as dicas.

Salve Maria Santíssima!

Jardineiras para moças

23 mai

Jardineiras para moças! Você pode mandar fazer as jardineiras, ou adaptar vestidos sem manga, desde que tenha especial cuidado em fazer as combinações. Para que o visual fique harmonioso, não use camisas [daquelas tipo farda de colégio ou que fazem propagandas], mas blusas – de preferência num tipo de tecido semelhante ou igual. 

Estas podem lhe dar idéias divertidas para a filha ou para si mesma, caso seja a própria moça que esteja lendo! As jardineiras também são boas opções para as grávidas [há de se adaptar os temas, para não ficar infantil].

***

A jardineira cor de uva pode ser feita de tricoline algodão ou cambraia. A blusa também é de algodão. Este set está ideal para os passeios em família…

*** 

Se as alças da jardineira serão fininhas, convém usar uma blusa um pouco mais fechada. Jardineira de malha de algodão, com leve balanço e aplique de flor; blusa de viscose ou seda. Um visual arrumado para muitas ocasiões.

***

Jardineira de algodão com blusa de laise bordada: lindo para a Santa Missa! A estampa está alegre, sem ser muito chamativa…

***

Um modelo encantador e divertido + blusa 3/4 [o decote da blusa deve ser mais fechado]: o dia-a-dia ficará mais alegre com um visual semelhante!

***

Espero que tenham gostado das sugestões… para as moças, há muitas opções interessantes para se vestir com modéstia: e as jardineiras permitem muitas possibilidades.

Salve Maria!

Cores!

19 mai

Salve Maria!

Selecionei estes visuais do Joy Of Fashion, blog de uma moça ama moda, e tem muitas combinações interessantes [nem todas modestas]. Ela gosta muito de cores, e uma sempre se destaca nas suas produções. Vamos à seleção que eu fiz do blog – que acho que pode atender sobretudo às moças jovens, que querem começar um guarda-roupa modesto. As cores e as adaptações podem ser úteis!

# Vestido com cardigã fofo.

Você não precisa sair exibindo o seu corpo para ter um visual jovem: pelo contrário. O fato de estar coberta lembra ainda mais a inocência de uma menina, que usa a juventude para aprender coisas novas, e por isso não tem a aparência como a preocupação primordial.

Um cardigã de mangas curtas permite um visual recatado nos dias mais quentes e nos programas ao ar livre. A combinação da peça com os acessórios [+ a cor neutra do vestido] foi o destaque: um rosa forte, sem que o conjunto tenha ficado chamativo. [A dica do cardigã serve também para aproveitar um vestido de alças, se o decote não for muito baixo].


#Cardigã ou Casaco + Cinto

Um visual bastante atual: aproveite os vestidos de alça com uma combinação semelhante. O vermelho nos acessórios combinou com um dos tons do vestido [mas fique atenta para o decote: se for baixo, como o da foto, é melhor usar um bolero que proteja o colo].


#Cores nos acessórios

A simplicidade do conjunto [saia + blusa romântica] foi incrementada pelas cores dos acessórios: bolsa rosa e colar multicolorido. Uma opção meiga para o dia-a-dia! 


#Blazer 

Blazer + vestido é uma opção jovem, desde que não se escolha uma peça de alfaiataria muito formal. Este azul caiu bem, pois quebrou com o óbvio [preto, bege, marrom escuro]. Você pode acrescentar um acessório no blazer – sem exageros – para que ele fique mais divertido: pode ser um broche, uma flor… Um vestido delicado é uma boa opção, pois não deixa o visual “fechado” demais. 

Aproveite as dicas!

Paz!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.454 outros seguidores