Anáguas decoradas: aproveite para as suas saias e vestidos.

Hoje falaremos de uma idéia interessante para tornar seu visual mais modesto: as anáguas decoradas.

Como a maioria de nós sabe, a anágua é uma espécie de saia usada por baixo da roupa – é portanto uma peça íntima – que tem a excelente serventia de evitar que nossas saias fiquem transparentes, da mesma maneira que adicionam à elas um volume extra.

Uma “anágua decorada” será assim chamada pelo fato de que a sua barra irá aparecer para desempenhar uma função: tanto estética (deixar uma saia mais bonita), como modesta (deixá-la mais longa).

Vamos supor que a moça tenha no guarda-roupa algumas saias aposentadas, pelo fato de que terminam na altura dos joelhos, ou não os cobre por um triz: é para estes modelos que a nossa anágua decorada terá especial serventia – já que se a saia for curta demais, o resultado não será bom. 

Vejamos um exemplo:

Esta anágua é feita com um material de forro comum [por exemplo, musselina, organza, cetim – tecidos frios; ou flanela – tecido quente] e costurada com um bico francês na barra. Você também pode fazê-la com um tecido 100% algodão [sugestão da Marisa 🙂 ], pois dessa forma, não esquenta muito. Há moças que ficam na dúvida sobre que tecido usar para anágua: há muitas possibilidades. Porque, na verdade, vai depender do seu gosto e necessidade – não é preciso fazer com um tecido “baratinho” só porque ela não vai aparecer… o tricoline ou a cambraia não são caros, e você pode usar tranquilamente; investindo em algo melhor, durará mais.

 O bico pode ser encontrado de quase todas as cores, mas branco combina com tudo.

Veja o resultado na foto, usada com um vestido por cima:

O bico de perto:

Com camadas de bicos:

Deixando a saia mais longa com o modelo acima:

Como puderam ver, o resultado ficou bonito e delicado, de modo que acrescenta mais ou menos 3 a 4 dedos no comprimento da sua saia ou vestido.

Outro exemplo:

Percebam que há uma gama de opções quando se trata de fazer a sua “anágua decorada”: esta barra foi feita com um tecido e decorada com outro franzido [atualmente é possível encontrar esta decoração pronta, com vários temas, em grandes armarinhos]. Desta vez a barra foi maior, acrescentando pouco mais de 1 palmo de comprimento: ideal para as suas saias imodestas que terminam exatamente antes dos joelhos!

Para uma anágua feita com tecido estampado, escolha bem o tema da estampa, que combine com a peça que está tentando recuperar… esta, por exemplo, ficaria bom com um vestido branco, preto, cinza ou bege. Tenha isto em mente quando planejar a sua!

Também é uma idéia divertida para as moças na adolescência… e também servirá para que elas providenciem uma maneira rápida de andar com modéstia. A moça pode ter no seu guarda-roupa algumas dessas saias facilmente encontradas nas lojas – que não chegam a cobrir os joelhos – e para não perdê-las pode encomendar uma anágua semelhante. Pois não sairá caro mandar fazer uma; além do mais, a anágua não aparecerá senão na barra, de modo que nem será preciso ser muito exigente em matéria de costureira. Tenho certeza de que a primeira que encontrar poderá resolver o assunto!

Observem como a saia ficou mais longa:

Veja esta:

Um tecido nobre pode ser igualmente usado na sua anágua decorada. Uma outra razão para tê-la é o fato de que alguma saia ou vestido vendido numa loja de departamento pode lhe interessar e ser realmente em conta para acrescentar no seu guarda-roupa modesto. [Não negamos que às vezes comprar pronto é realmente prático ]. Só que mais uma vez… o comprimento da peça vendida na loja não é satisfatório! A anágua decorada poderá ser uma solução – isto, obviamente, se a peça vendida não for curta demais (ela deve estar no padrão que descrevemos anteriormente).

Recuperando um vestido:

Detalhe aqui:

Outra cor:

Para as meninas pequenas, a anágua também ficará uma gracinha… e o vestido não ficará curto! Até mesmo os vestidos delas sofrem com a imodéstia! É preciso acostumar desde cedo as filhas com o padrão correto e bom; pois isso ajudará a desenvolver seu senso de pudor. Muitas vezes a mãe não dá a devida importância para isso – mas a verdade é que a criança em formação necessita de padrões muito rígidos, e o mais curioso é que elas cobram isto!

Experimente a mãe dar ordens de que não se pode usar decote: a filha em aprendizado será mais rigorosa que o Guia Mariano da Modéstia! Lembro-me de uma vez ter usado um vestido com mangas até os cotovelos, mas que tinha um botão um pouco mal feito, de modo que ficava um pequeno buraco mostrando a minha pele nesta parte do braço. Pois bem: a filha de uma amiga minha, de apenas 5 anos,deu-me o seguinte conselho, enquanto tentava esconder o buraco: “você tem que mandar costurar isto“.  Formai as filhas na modéstia com tamanho rigor, e Nossa Senhora terá orgulho imenso!

Detalhe aqui:

A anágua decorada pode deixar suas peças com um toque gracioso, recuperar saias e vestidos fora do padrão e ser uma boa aliada no guarda-roupa. Só não faça dela “A” solução para comprar as roupas em loja, pois como todas nós sabemos, as saias e vestidos das lojas têm sempre um padrão abaixo da modéstia mariana – e ninguém quer sair usando anáguas decoradas com TODAS as roupas que têm.

Façam bom uso e aproveitem as dicas.

Salve Maria Santíssima!

Anúncios

11 comentários sobre “Anáguas decoradas: aproveite para as suas saias e vestidos.

  1. Oi, Luciana,
    Há quanto tempo…
    Permita-me umas sugestões:
    – tecido p/anágua: eu sugiro escolher como um forro um tecido 100% algodão, pois no calor a anágua pode ficar incômoda e, principalmente nas crianças,causar alergia pelo contato com a pele;
    – vc podia fazer uma matéria sobre corpete e combinação,que eram muito usadas…
    Bjs,
    Marisa

    1. SM!
      Obrigada, Marisa, vou incluir no post!
      Sobre corpete e combinação não entendi muito bem…. seria o quê, exatamente? Pode me mandar um exemplo?
      Fique com Deus !
      Beijos

      1. Acho legal esse resgate de lingeries q as brasileiras de 2011 nem sabem q existem.
        Penso q um dos problemas da modéstia é o de não se conhecer a lingerie certa para se usar com determinada roupa, pois a função da lingerie também é “dar o caimento” das roupas, coisas q as mulheres, até os anos 60, sabiam: a lingerie protegia o corpo da mulher e deixava a roupa mais elegante: as saias não ficavam presas entre as pernas ao andar e não grudavam no corpo, o sutiã não aparecia…
        Parece q atualmente só existe calcinha e sutiã e a “lingerie sexy”

        Bom, eu me lembro q a minha mãe tinha corpetes, q eram usados por cima do sutiã para velar tranparências. Eles pareciam combinações sem a parte da saia. Acredito q as camisetes vieram deles… Uma foto q achei na net:

        Qto. ás combinações, elas eram usadas substituindo o corpete e a anágua. Era parecida com as atuais, só q não tinhamm uma função tão erótica. Outra foto:

        Bs,

      2. Marisa,
        muito obrigada pelas dicas [apenas removi os links, para q um homem desavisado não clicasse, mas salvei no meu pc]. Confesso que entendo muito pouco disso, mas é um assunto que me interessa. Terei de pesquisar muito, pois isto que falou [um dos problemas da modéstia é o de não se conhecer a lingerie certa para se usar com determinada roupa, pois a função da lingerie também é “dar o caimento” das roupas] é algo realmente novo para mim. De fato, faz sentido… mas não tenho quem me ensine isso na prática. Adoraria aprender. Há livros sobre roupas íntimas – mas no momento não estou podendo comprar. No futuro, gostaria de escrever um artigo bem completo sobre o tema.
        Beijos

  2. Luciana, eu já estava querendo encontrar essas anáguas, acho que vou pedir pra minha costureira fazer várias pra mim, uma de cada barra diferente. Elas dão um charme bem especial à saia ou ao vestido.
    Salve Maria

  3. Muito boa a ideia da anágua com a barra trabalhada.
    Eu mando fazer minhas saias já com forro, acho mais confortável, não fazendo volume na cintura, mas quase todas as minha saias eu mando colocar o bordado na barra, acho lindo e romântico.
    Bjs….

  4. Lachance, interessantes anáguas. Até então só as conhecia com a função de crinolinas (dar volume). Caso vc queira que a saia godê tenha aquele volume dos anos 50 invista em filó e tule francês, são os melhores tecidos para uma anágua volumosa. Uma minissaia de tulê francês já serve para dar volume….

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s