Três visuais básicos para moças

Salve Maria!

Eis três exemplos de como as jovens moças podem se vestir com modéstia, de forma simples e bonita! Estes visuais são fáceis de serem copiados, e podem lhe dar outras ideias… vamos à eles!

#1

Este vestido midi de bolinhas é um clássico! Muito simples, ele é rodado, franzido na cintura, tem cinto forrado do mesmo tecido e decote alto. Pode ser feito de viscose, rayon, chiffom e tecidos que tenham caimento bom. Você pode pensar em outras estampas, até mais claras, na hora de encomendar o seu na costureira. Está confortável e modesto, além de ser um modelo gracioso e leve para as mais novas… Os sapatos que a moça está usando combinaram muito bem. Servirá para os passeios e para a Santa Missa!

#2

A saia modesta e rodada ganhou um ar jovem por conta da estampa rosa de bolinhas brancas: a escolha de um simples tecido pode transformar um modelo que antes parecia “sério” demais. Batas, blusas delicadas ou suéter [como na foto] são opções para variar com uma saia como esta. Você pode usar os mesmos tecidos indicados para o vestido anterior. 

#3

Um vestido fresco e estampado de verão: botões no busto e cinto de tecido, marcando a cintura. Para mim está muito rente nos joelhos, e as mangas também podiam ser um pouco maiores. Mas o modelo está mesmo lindo! O vestido é de algodão, como cambraia. 

Gostaram? Espero que sim!

A Paz!

Anúncios

20 comentários sobre “Três visuais básicos para moças

  1. Gostei.
    Tive uns momentos tensos depois que lavei uma saia de bolinha branca e fundo azul. Paguei R$18 reais o metro, molhei e mandei fazer a saia ( na época que eu n sabia fazer) Aí que depois de lavar uma vez, simplesmente ficou o tecido com marcas brancas, como se tivesse sido riscado com giz. Vou me vingar do azul e comprar o vermelho e preto de bolinha branca.

    1. Pois é, isso já me aconteceu com um tecido de bolinhas também!!! As tricolines de pior qualidade são as de bolinha, eu não sei se reparou. Fiz uma blusa, encolheu, e ficou com os riscos brancos… =PP

      1. Nem sabia que aquilo era tricoline kkkkk como se pode ver, sou uma costureira que n conhece tecido kkkkkkkkkkkkk (ainda!)

    1. Oi Gabriely,
      Em lojas de roupa íntima ou especializadas em materiais ortopédicos, você tem opções. Podem ser meias finas ou então “shorts” ou “bermuda”s feitos do mesmo material. Veja por exemplo, a bermuda slim da marca “LOBA”, da LUPO. Há opções semelhantes, com diferentes materiais.
      Salve MAria!

    2. Gabriely, desculpe mas vou responder tb: eu usei creme. Se vc começar a usar sempre saia ou vestido, no máximo em 15 dias, a pela acostuma com o atrito e n precisa usar mais nada. Ah, e quando estiver ardendo pelo atrito, antes de dormi passe amido de milho, cicatriza.

      1. Oi Ana Maria.
        Na minha cidade faz muito calor! Acho que o creme “melaria” muito, rs. Mas a pele não fica muito fina e irritada usando o creme? E sem usar nada a pele não escurece por causa do atrito?

        Eu estou usando uma bermuda de algodão, mas é muito grossa e quente. Acho que eu sei qual é a bermuda que a Luciana indicou… Geralmente, as mulheres usam com vestido para não “marcar”, para esconder o sinal da calcinha…

      2. Olá!
        O creme resolve por um tempo – eu mesa já usei hidratante entre as pernas. O caso é que se passar muito tempo fora de casa, acaba empolando do mesmo jeito, e pode até mesmo dar assaduras. [recomendo usar hipoglós nestes casos, resolve mesmo!] Por isso, pode tentar mandar fazer uma bermuda do mesmo material de uma anágua, que é fininho e confortável.

  2. Mas a pele não fica muito fina e irritada usando o creme?
    Nunca ouvi falar. Use creme hidratante hipoalérgico.
    E sem usar nada a pele não escurece por causa do atrito?
    Sim, só no local do trito.

    Bom, eu usei creme e amido de milho, hoje já n preciso mais.

    Hipoglós, mancha roupa, cuidado com ela.

    1. Eu tinha muito problema com assadura entre as pernas antes de começar a usar saia. Bastava usar um vestido para sair à noite, era batata.

      Faz pouco mais de um ano que só uso saia e minha perna assou… UMA VEZ, numa semana de muiiito calor e que eu precisei subir e descer escadas várias vezes.

      No meu caso, aconteceu o que a Ana disse: minha pele acostumou. E olha que eu engordei de lá pra cá, então minha perna não deixou de ser juntinha.

      No mais, Luciana, quando vai sair o blog “teus vestidinhos”?!?!?!

      1. Ai , que gracinha se eu fizesse o teus vestidinhos né? Eu só teria de ter uma assistente para dar conta de tudo… se soubesse quantas pastas eu tenho para postar no blog, me falta é tempo para comentar tudo! Mas pelo menos podia abrir uma “tag” aqui e de vez em quando trazer roupas de criança… vou ver se acho!
        Salve Maria!

  3. Sou a favor da bermuda de lycra, principalmente as da De Millus, que são mais suaves… Isso é do tipo de corpo, há mulheres q têm as pernas mais juntas, não sei por quê.
    Qtoàs manchas no tecido, é bom colocar sal ou vinagre na água, até fixar a cor.
    Abs,

  4. Oi Luciana faz muito tempo que não comento aqui. Devo confessar que apesar de ter ficado apaixonada em saias no tempo em que estava com a perna quebrada, hj não consigo usar ainda pois a cicatriz que ficou na minha canela é impossível de ficar exposta, então acabo usando só calça porque não dá realmente para trabalhar com saia longa : (
    mas mesmo assim entro no seu site e admiro muitos o seu apostolado. Com relação a esses modelos que postou agora na minha opinião a medalha de ouro vai para esse terceiro, vestido estampado, fiquei com vontade de ter pra mim 🙂

    1. Oi Isa, Salve Maria!
      Será que uma meia-fina não resolve ou atenua a aparência da cicatriz? Dessa forma, você poderia usar outros tamanhos mais curtos e variar com a saia longa.
      Obrigada pela visita e volte sempre!

      1. Olá irmã, na verdade não resolve, fica marcado até na calça jeans, porque fez um buraco e quando foi cicatrizar ficou uma saliência de um lado, muito feio mesmo, mas to pesquisando umas longas aqui. Não vai dar pra mudar tudo radicalmente de uma vez mas posso ir introduzindo aos poucos… A moda que geralmente não anda do nosso lado ultimamente está ajudando com tantas saias longas..Vi umas lindas hj, mas todas pequenas..eu sou gordinha e nenhuma servia kkkkk
        Que drama né!!
        Mas eu chego lá!
        Obrigada por responder!
        Paz de Cristo!
        Isa

      2. Uma pena, mas há muitas saias longas bonitas, e de diversos modelos! Espero que encontre opções, vou ver o que achoo para postar!
        Salve Maria!

  5. Luciana, eu sei que o tempo é curto pra atualizar tanta coisa… e isso porque sua neném ainda tá “quietinha” aí dentro 😀

    Estou lembrando das palavras de um professor meu. Houve um dia em que ele precisou tomar conta sozinho da filha, e separou um livro que fazia tempo estava tentando terminar de ler. Aí ele entendeu porque a esposa dele “não tinha tempo pra nada”.

    Mas é bom demais! E, quando der, um vestidinho será bem vindo 😉

Este blog tem proteção contra comentários com conteúdo impróprio e palavras de baixo calão. Críticas só construtivas. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s