Dicas de estilo e acessórios [ideal para gordinhas!]

8033610805_75442569ea_zEu amo o blog da Ashley, porque ela é linda, tem bom gosto e sabe escolher o que cai super bem no seu manequim, além de combinar os acessórios com elegância. Uma pena que a maioria das suas saias são curtas, ficam sempre um pouco acima dos joelhos – mas isso não impede que você confira o site dela para dicas de estilo, especialmente se você também usa tamanho G e GG. É realmente uma inspiração para todas nós! São muitos visuais equilibrados para o dia-a-dia… confira a minha seleção!

8238421042_dca1d98417_zVocê verá que ela usa muitos echarpes – que são o hit da estação e levantam qualquer roupa! Nas lojas de departamento do Brasil, como a Renner, é possível encontrar diversos modelos em torno de 15-20 reais: um preço em conta para ter alguns no guarda-roupa. Observe como a Ashley mistura cores e estampas, e copie!

8247519059_c63d430cf7_z 8462098416_5af7c063b3_z 8489506545_907bc8daf1_z***

8607081814_9df683aac3_zColares, cintos e sapatos… completam a produção, e ela combina muito bem! veja os detalhes:

8605975657_977396fb61_z 8605980467_6dfcac0be2_z***

Saia longa: quem disse que não cai bem em gordinhas? Eu acho que fica ótimo, sobretudo se a blusa cobre parte dos quadris, pois isso alonga a silhueta. Camisas de malha ou tecidos fluidos como viscose são ideais, por não fazerem volume.

6938670610_cddf23a227_z***

O comprimento longuete: ótimo em todos os tipos de corpo!

7984955565_0813a7c876_z 8074020041_d4f4bdf05d_z 8607067486_a6d382261b_z***

Detalhes coloridos: chega de usar só preto … feminilidade é a palavra!

7690936026_ab2c3ee936_z 8169741168_215e72d858_z 8242918684_e99aa8179d_z 8288626847_8d2751c03c_z 8471930714_39b63b3b9a_z 8613933767_18f3efa330_z

Usando saias plissadas

Salve Maria!

Duas lindas maneiras de usar saias plissadas combinando com acessórios! A saia plissada está em alta e você não terá dificuldade de achá-la em diversas cores (e quase sempre midi ou longa, para a nossa sorte!) nas lojas em geral.

Fácil de copiar: blusa xadrez de botões tem o ano todo em muitas lojas. Então, basta prestar atenção aos tons. Azul e verde não é óbvio, mas combina perfeitamente. Outras combinações? Laranja e rosa, Amarelo e vermelho, Lilás e rosa, Cinza e Púrpura, Menta e Marinho, Salmão e Verde… e muitas outras. Terminando o look: cor diferente na sapatilha (porém, que predomine em relação à roupa, iluminando); colar midi ou maxi com brilho; cinto fino. O resto – brinco, pulseira, bolsa: básico e por sua conta. O resultado foi surpreendentemente modesto e bonito!

Elegante para a noite e festas: saia maxi de seda, cinto marcando a cintura e acessório (no caso, a bolsa) em destaque. A blusa também é de seda, e só deveria ter a manga um pouco mais longa. Aqui houve simplicidade, mas uma excelente prova de como usar saia e ficar chique para ocasiões especiais. Amei as cores! E é também fácil de copiar, para você que queria um visual sem erros para o seu evento.  

Belas opções!

Vestidos + cardigãs

Lindas combinações de vestidos + cardigãs para você copiar neste outono inverno!

Produção hiper feminina: vestido de algodão floral e cardigã! Note como ela fez a escolha das cores: os cardigãs das duas produções [acima e abaixo] tem o tom mais ameno, combinando com a estampa! Lindo!

[O vestido amarelinho poderia ser mais longo, pelo menos uns 4 dedos]

***

O toque especial foram os acessórios: o vestido soltinho de chiffom combinou perfeitamente com o cardigã estampado; o coração do cinto aproveitou o tema do mesmo… e a sapatilha?! Fofa! As moças vão amar uma produção que leve isso em conta… jovem e modesto.

***

Aqui, ela escolheu uma cor nada óbvia para o cardigã nas duas produções; acima, delicado rosa para contrastar com o verde floral [convém aumentar um pouco o comprimento deste também]; abaixo, o amarelo forte se impõe ao azul!

Simples, bonito e modesto!

Visuais de outono (com cardigãs)

Salve Maria!

Logo o tempo começará a esfriar em boa parte do país… por isso, ter um cardigã poderá ser muito útil, especialmente quando se trata de deixar o visual mais recatado. É uma peça básica e bonita, que combina com quase tudo. Nesta seleção, algumas idéias de visuais com cardigã, para você já ir pensando em que peças aproveitar e comprar nos próximos meses – se o estilo lhe agrada. Dedico este post à minha amiga Andrea, afinal, ela gosta muito destes tipos de combinações!

Lindo e meigo: uma saia estampada alegre, com cardigã semi-fechado e cinto fino. Com isto, você poderá aproveitar as blusas sem mangas e de alças finas; é simples e adequado para muitas atividades, como faculdade ou trabalho (a depender do cargo).

***

Gostei muito do modelo desta saia, com botões laterais (me parece que são forrados) e cintura alta – só precisava de uns dedos a mais no comprimento. A moça está usando uma blusa interna para proteger o colo. Veja uma excelente ideia de fazer isto usando um truque AQUI.

***

Sapato combinando com cardigã: um detalhe que eu acho que fica muito interessante. As cores da saia e da blusa deixaram o visual alegre e o cinto ajudou a arrumar o modelo!

***

Cardigãs com vestidos ficam lindos! É uma boa opção para quem só encontra vestidos sem mangas nas lojas e pode adaptar. O vestido da foto só está um pouco curto (deveria ser pelo menos 1 palmo abaixo dos joelhos), mas a cor está linda e combina com a nova estação.

***

Saias longas devem continuar sendo tendência no outono, sendo que as estampas vão estar mais sóbrias. Basicamente é um visual muito parecido com a primeira imagem do post. Mas dá uma ideia de como fica com um comprimento maior.  

***

Um cardigã mais colorido dá leveza às suas peças escuras. Este parece estar adaptando um tomara-que-caia. No caso, devemos ter cuidado já que caminhando pelas ruas o vento costuma abrir o casaquinho: se você vai aproveitar um vestido assim, convém fechar o primeiro botão do cardigã, para que isto não ocorra.

***

Mais um visual bonitinho de outono! Particularmente gosto muito de sapatilhas, pois são confortáveis e vão bem com saias. 

Espero que tenham gostado destas sugestões, que acredito serem muito viáveis para todas nós – tanto no sentido financeiro (ou seja, de conseguir montar visuais assim) quanto na adequação à maioria das atividades que fazemos no cotidiano.

Fiquem com Deus e a Santíssima Virgem!

Inspiração Oriental

Salve Maria!

A tradicional moda oriental é muito delicada… e assim o é porque reflete muito da feminilidade da mulher, com seus tecidos fluidos, xales,  flores, detalhes… este aspecto da cultura asiática é particularmente muito bonito. Historicamente, nos deixa registrado como uma cultura tão diferente da nossa criou um vestuário  realmente singular para a mulher … podemos fazer uma comparação com a cultura ocidental, por exemplo, e olhar para épocas passadas, para os vestidos da Idade Média e do Século XVIII… 

A feminilidade e a diferença necessária entre o vestuário do homem e da mulher é algo que nos falta muito atualmente. A atual moda ocidental é simplista e unissex: nós bem o podemos comprovar nas ruas! Mas podemos fazer a nossa parte, fazendo uso de roupas e acessórios que marquem bem a diferença entre os sexos… para isso, a modéstia mariana!

Criei estes sets me inspirando nestas belas gravuras orientais… elas mostram um pouco da tradicional roupa chinesa feminina de tempos atrás. Ela se parece muito com a moda japonesa tradicional. Ambas  sofreram duros golpes no século XX: com o ditador comunista Mao, para além de todas as barbáries cometidas contra o povo chinês, houve uma rigorosa imposição para que homens e mulheres vestissem praticamente a mesma vestimenta, em cores determinadas… estava simplesmente vetado o uso das belas roupas femininas…

Já a moda tradicional japonesa foi praticamente proibida em nome do processo de ocidentalização do Japão. Segundo o site Cultura Japonesa, apenas a partir de 1945, após a guerra, é que se tornou obrigatório o uso de roupas ocidentais: algo que já havia sido imposto por decreto do governo antes da primeira guerra para homens… agora se estendia para as mulheres… e foi assim, por imposição, que as mulheres japonesas largaram as roupas tradicionais…

As minhas escolhas têm uma inspiração oriental, já que não é possível sair nas ruas usando kimonos – apesar de eu considerar bonito e culturalmente muito rico. Mas, como nós somos mulheres ocidentais, devemos sempre adaptar estas belas tendências de fora, para que não soe como uma fantasia.

Vamos às minhas escolhas?

As gravuras chinesas podem ser encontradas neste site AQUI. Na minha primeira escolha, um inverno brando como o de Salvador permite que se use este conjunto, sem que se passe muito frio. Trata-se de uma saia estampada na altura das canelas, que pode ser feita usando viscose, rayon, seda ou tecidos com caimento semelhante. Ela deve ser forrada. Os mesmos tecidos valem para a blusa lisa. Já o delicado xale pode ser feito com seda ou chifom de seda, com um delicado bico rendado na barra. Alguns acessórios completam este primeiro set, e você estará linda!

A saia de linho na altura das canelas traz os botões na frente para dar uma diferenciada. A blusa tem mangas quase longas – terminam cerca de um palmo antes dos pulsos – e pode ser feita de chifom, sendo bem forrada. Já o casaco de tricô aquece bastante no frio – e tem um toque especial graças ao seu modelo, que não tem botões ou qualquer tipo de fechamento; ele lembra a maneira de fechar do quimono da gravura.

 Delicadeza: eis o sinônimo deste set! A blusa de mangas longas pode ser feita de algodão ou linho tingido, e está num lindo modelo! O bolero estampado lembra a vestimenta da gravura, e pode ser igualmente preso à blusa; a saia de 1 palmo abaixo dos joelhos é de seda artificial, mas você pode fazê-la de algodão para o inverno.

Vestido maxi floral e xale de tricô: para tardes agradáveis! O vestido pode ser feito de challis, e o xale tem esta linda renda na barra. Ficará lindo sobreposto ao vestido, você não acha? A bolsa de palha e as sapatilhas são acessórios que eu gostaria de ter no meu guarda-roupa! Um visual feminino e modesto para você copiar…

Este set traz um modelo de blusa tipicamente oriental, nas cores branca e preta. Eu tinha uma blusa neste estilo, na cor azul marinha, que comprei numa lojinha japonesa que havia num shopping daqui. O modelo desta é mais simples, e pode ser mais facilmente copiada, pois o diferencial está sobretudo na maneira como a blusa é fechada. A saia pode ser feita do tecido que achar mais conveniente, pois o modelo permite usar lã, linho, algodão, challis, chashemere…

Eu amo vestidos delicados! Este vestido longo tem elástico na cintura para ajustar e dar forma; as mangas chegam a cobrir os cotovelos… você pode usar challis, malha de algodão, ou algum tecido com elastano, que tenha um caimento parecido. Gostaria de encontrar uma bolsa de palha parecida com esta! O xale branco completa o visual, para esquentar nestes tempos frios…

Lindo conjunto: saia de algodão com detalhe de renda, blusa também de algodão de mangas longas e bolero estampado de chifom de seda. A saia é longa e chega quase nos pés e protege as pernas do frio, pois deve ser bem forrada. Os acessórios delicados ajudam a compor o conjunto de inspiração oriental, e você lembrará bastante a moça da gravura…

Este set também está muito delicado: em Salvador eu poderia usar um conjunto semelhante no inverno; quem mora em regiões muito frias, deve guardar a idéia para o verão. A saia é de chifom forrada, e a blusa roxa pode ser feita do mesmo material, ou de musselina [deve ser forrada, claro]. Por causa da abertura e pelo fato de ser curta, esta peça deve ser usada com outra blusa de decote alto por dentro, para ficar modesto. Um blusa sem mangas de algodão cai bem, já que se tivesse mangas poderia “inflar” o modelo. 

Conjunto rosinha [observe o tom da sua pele, para não ficar “nude”] simples, que pode ser copiado para diversos tecidos, inclusive em tecidos mais quentinhos para o inverno, como lã. Apenas não terá muita fluidez, como na foto, mas nem por isso terá um caimento ruim. A sua saia deverá ser pelo menos 1 palmo abaixo dos joelhos, e pode fazer no modelo evasê, para não ficar justa. O casaco de tricô tem o mesmo modelo do casaco do segundo set do post, porém está numa cor escura [preto ou azul escuro, não consegui ver bem].

Vestido longo numa estampa que lembra os temas orientais… uma gracinha! Um modelo que pode ser feito de linho tingido ou de challis; mangas com bastante caimento… e elástico na cintura e na gola… mais uma idéia para o seu guarda-roupa.

Espero que tenham gostado destes sets, que fiz com muito carinho… a inspiração oriental tradicional é encantadora – uma pena que, como tantas culturas, ela esteja tão caricata atualmente… a moda japonesa moderna, por exemplo, têm muitas coisas grotescas; lembro-me de ter visto um livro sobre o assunto, em que muitas pessoas por lá andam literalmente fantasiadas pelas ruas, com cabelos das cores e formas mais variadas possíveis, com tantos piercings, tatuagens… tudo isso misturado com roupas medievais e de séculos  como o XVII, XVIII, XIX… uma verdadeira bagunça… mas isso é uma outra história, e terá de ser contada em outra ocasião…

Fiquem com Deus!

Se eu montasse um guarda-roupa inspirado na década de 40…

Salve Maria, moças!

Uma das coisas mais divertidas de se ter um blog de modéstia é ficar montando guarda-roupas imaginários, de acordo com o tema que estou escrevendo no momento. O que eu gostaria de vestir de eu vivesse nos anos 50? Se eu estivesse começando hoje a mudar para Nossa Senhora? O que eu vestiria se eu tivesse 16 anos? E se eu precisasse ir numa festa?

Uma parte desses guarda-roupas também vem de perguntas e sugestões… e eu acabo pesquisando e guardando um monte de coisa no meu computador! Se eu não posto tudo é realmente por falta de tempo…

Este aqui é meu guarda-roupa inspirado nos anos 40! Gostaria de abrir meu armário e ter estas peças à disposição – mas como eu não sou rica nem nada, ficaria muito feliz se pelo menos pudesse mandar fazer 3 peças [vou aumentar esse número quando eu mesma estiver costurando]. É claro que eu também gostaria de ter vestidos inspirados em outras décadas, e muitas outras peças da “atualidade” [porém, modestas]. Por isso, os posts acabam me ajudando a decidir o que eu vou querer de verdade – como se sabe, não se pode ter tudo!

Eis meu singelo guarda-roupa 40’s:

O vestido da esquerda é de renda mais fechadinha e é forrado, e seria o meu vestido de festa – caso eu tivesse alguma ocasião especial. Claro que o meu vestido seria super modesto, não seria justo e as mangas seriam um pouco maiores.

O vestido da direita é o do “cotidiano”, e eu faria o mercado de casa com ele, entre outros afazeres!

Vestido da esquerda: este seria o meu vestido de missa. Não está adorável? Combina perfeitamente: é lindo, discreto, de mangas longas, modesto, leve [é de crepe]… penso seriamente em fazer um modelo assim para usar aos Domingos.

À direita você vê o meu vestido de passeio. Quando meu marido e eu fôssemos sair para algum lugar, esta seria a minha escolha. É de algodão, estilo camponesa, com este delicado bordado… 

Para dar aulas, eu escolheria este vestido verde e branco: o corte dele está muito elegante; ficaria muito bom com um cinto fino preto, o que o deixaria mais formal.

O vestido bege com fita de cetim é a minha escolha para festas de família, como o Natal, aniversários, etc. Gostei muito do modelo, principalmente das mangas! Não está lindo para que eu pose nas fotos?

Mas, você deve estar se perguntando… o que poderia combinar com estes belos vestidos? Que sapatos e acessórios? Bem, nos meus sonhos, gostaria de ter alguns destes modelos de sapatos à minha disposição:

Quantos aos acessórios, penso em fazer cachos nos meus cabelos [que já são naturalmente cacheados] tal como o tutorial que saiu esta semana. Mas como não é possível usar os chapéus da década de 40, penso em usar tiaras e alguns enfeites discretos. Eis agumas idéias:

Usando saias, eu faria algumas escolhas simples, que fossem confortáveis e serivissem para diversas ocasiões. Eis algumas de minhas escolhas:

 

Este conjunto está muito bom para usarmos durante a semana… eu costumava me vestir assim para ir à faculdade. Creio que moças na mesma situação possam igualmente aproveitar conjuntinhos como este!

Opções de blusas:

É possível fazer muitas combinações tendo estas no armário. Como estamos em época de frio, e nos anos 40 se costumava usar muitos casaquinhos, estes são os que gostaria de ter:

 E as opções de saias:

Gostaria de ter os seguintes acessórios:

A primeira bolsa é a minha bolsa de sair, que eu usaria com minhas roupas de missa, e também para dar aulas no colégio.

Depois, você vê o meu lindo echarpe com bolinhas vermelhas… amei a cor!

Embaixo e à esquerda, é o meu lindo xale de renda, belíssimo para quando eu for à missa dominical, por exemplo.

Ao lado, a minha bolsa de passeio!

O que acharam das minhas escolhas? É este o meu guarda-roupa inspirado nos anos 40 – e a verdade é que eu estou inspirada por estas peças, e planejo algumas para meu guarda-roupa de verdade!

Fiquem com Deus!

Jardineiras para moças

Jardineiras para moças! Você pode mandar fazer as jardineiras, ou adaptar vestidos sem manga, desde que tenha especial cuidado em fazer as combinações. Para que o visual fique harmonioso, não use camisas [daquelas tipo farda de colégio ou que fazem propagandas], mas blusas – de preferência num tipo de tecido semelhante ou igual. 

Estas podem lhe dar idéias divertidas para a filha ou para si mesma, caso seja a própria moça que esteja lendo! As jardineiras também são boas opções para as grávidas [há de se adaptar os temas, para não ficar infantil].

***

A jardineira cor de uva pode ser feita de tricoline algodão ou cambraia. A blusa também é de algodão. Este set está ideal para os passeios em família…

*** 

Se as alças da jardineira serão fininhas, convém usar uma blusa um pouco mais fechada. Jardineira de malha de algodão, com leve balanço e aplique de flor; blusa de viscose ou seda. Um visual arrumado para muitas ocasiões.

***

Jardineira de algodão com blusa de laise bordada: lindo para a Santa Missa! A estampa está alegre, sem ser muito chamativa…

***

Um modelo encantador e divertido + blusa 3/4 [o decote da blusa deve ser mais fechado]: o dia-a-dia ficará mais alegre com um visual semelhante!

***

Espero que tenham gostado das sugestões… para as moças, há muitas opções interessantes para se vestir com modéstia: e as jardineiras permitem muitas possibilidades.

Salve Maria!