[Teus Vestidos Retrô]: Vitrine dos anos 90

Lembro-me claramente de algumas coisas marcantes da moda feminina dos anos 90, especialmente, claro, por conta daquilo que minha mãe também usava. Uma das coisas que ficaram na minha memória foram as estampas e as cores fortes. Havia muito dourado – como nos botões do conjunto acima -, laranja e vermelho. As saias e vestidos ainda eram mais longos, e o padrão de elegância previa as meias finas, embora o costume estivesse desaparecendo a cada ano.

Um padrão como este era relativamente comum no início dos anos 90, mas foi sendo gradativamente substituído e estigmatizado. Olhando para trás, estampas como esta me lembram cortinas e tapeçarias… minha mãe tinha muitos vestidos e blusas com temas semelhantes…

Mas os anos 90 – tão conhecidos pelo estilo básico, jeans e camiseta – realmente tinha estas coisas, como se vê na foto acima? Havia mulheres que realmente usavam este tipo de coisa? E era assim, tão comum? Uma pessoa comentou comigo: “Só quando a gente olha para trás é que percebe como as coisas eram de fato… em filmes e séries da época, a gente consegue observar isso… “

Blusas estampadas de manga longa, geralmente feitas de um material como seda: uma marca registrada! 

Lembro de vestidos com este tipo de babado! Eles voltaram à moda atual, mas em batas e blusas de malha.

Vestido longo – lembrando o padrão elegante dos anos 80, porém com menos volume.

A dupla “preto e branco”: um hit da época.

Os blazers ainda são longos, cobrindo boa parte dos quadris.

A saia longa reta estava presente em muitos conjuntos sociais…

O twin-set era muito usado!

O monocromático – dos anos 80 – agora em cores mais sóbrias.

Vestidos longos e com mangas! Não era difícil encontrar opções modestas assim…

Alguém lembra desse estilo de vestido? Eu me lembro! Por vezes lembravam um blazer grande, que haviam alongado para ser uma peça única…

Cinco peças

Salve Maria!

Cinco peças para inspirar seu guarda-roupa modesto! 

Vestido para missa

Um delicado vestido de tecido leve e fluido (pode ser chifom, seda, musseline, etc.), bem feminino. O decote em “V” deve ser discreto ou, se for semelhante ao da foto, usado com uma blusa por dentro que proteja o colo. É possível achar tecidos com padronagens especiais, mais facilmente encontradas em grandes magazines ou lojas de tecidos finos.

Combine com: sapatilhas ou sapatos fechados de salto baixo (entre 3 e 5 cm), meias finas do tom de sua pele, bolsa de mão ou de alça curta, uma correntinha dourada com belo pingente. Não esqueça o seu véu!

*** 

Bolero

Um bolero é bastante útil no guarda-roupa da moça modesta. No entanto, o modelo deve ser bem escolhido. Os boleros que protegem apenas os braços, além de não servirem para aproveitar blusas menos modestas, também acabam por evidenciar o busto. Na foto, um bom exemplo de uma peça coringa, além de muito elegante. Vestidos e blusas sem mangas estarão bem protegidos se você usar uma peça como esta, que é feita de lã.

***

Saia bordada

Uma saia “midi” bordada alegra as suas composições. Você pode providenciar a saia na costureira e depois levar a um estabelecimento especializado (daqueles que possuem máquinas de bordar) e escolher um belo tema para estampar sua peça. 

***

Conjunto ou Twin-set

Eis um dos itens da minha lista dos sonhos! Conjuntos de blusas com casaquinho ou cardigã deixam nossa aparência alinhada sem muito esforço. Acima, blusa de chifom e cardigã decorado com crochet. A combinação das cores é muito importante e você pode fazer as duas peças usando o mesmo tecido do cardigã, deixando a blusa lisa (sem as aplicações de crochet). 

Combine com: saias rodadas ou evasê em tons mais escuros, meias finas, sapatos fechados, bolsas médias, acessórios discretos.

***

Vestido básico

O modelo acima será muito útil no seu dia-a-dia. Para moças mais jovens, as cores e a estampa devem ser mais coloridas e alegres. Este vestido pode ser feito de viscose. Evite tricoline, pois amassa muito e não possui caimento adequado.

Combine com: sapatos de saltos discretos, bolsas médias, poucos acessórios.

***

Tenho certeza de que estas peças lhe darão ideias para muitas outras. Inspire-se.

Em Jesus e Maria.

A Princesa Mary da Dinamarca: maternidade

Salve Maria!

A princesa Mary da Dinamarca costuma se vestir de maneira elegante em muitas ocasiões. Claro está que nem tudo o que ela veste é modesto, por isso convém fazer uma seleção de seus visuais, aproveitando o que ela tem de melhor: o bom gosto. Nesta seleção, a sofisticada e nobre mãe aparece bem vestida: grávida e também em em fotos de família.

Estas imagens podem lhe inspirar: primeiramente, uma mãe deve estar digna, arrumada, sóbria.

  Isto em tudo combina  com a elevada missão da maternidade. Sendo muito jovem ou  mais madura, a mãe é uma senhora, e portanto deve se vestir com distinção – obviamente, fazendo as adaptações necessárias para cada idade. 

É possível usar lindas saias no período da gravidez! Nos primeiros meses, poderá usar modelos que não apertem, dependendo da modelagem. Procurei nas lojas opções de saias especialmente para grávidas, mas não encontrei… em sua maioria, só calças, batas e poucos vestidos… é mais fácil achar peças que se adaptem ao período, mas que não sejam específicas para gestantes. Acima, a Princesa Mary usa blusa e cardigã de malha, com apliques. Atente para proteção do colo, que está um pouco exposto. 

Este sobretudo de seda é muito elegante, deixa a barriguinha à vontade e a mãe fica muito bela, não?  A gravidez deixa as mulheres lindas, basta que não se descuidem. Tiaras e acessórios no cabelo dão uma graça singular às mães que esperam um filho. 

O batizado do bebê é uma ocasião muito especial! A Princesa Mary está batizando seu segundo bebê, uma menina. Ela tem 4 filhos, sendo que dois meninos são gêmeos. Este visual está muito bonito, porém, precisava estar mais modesto: há certas transparências incomodas, e a abertura nas costas é reprovável; mas serve para você, como ideia. 

Lindo blazer que valoriza muito a barriguinha: ele é leve e você poderá fazer várias combinações com uma peça semelhante. É o que se chama de peça “coringa” e poderá usá-la tranquilamente depois da gravidez. Já vi nas lojas modelos como este: é certo que não durará até o nono mês (a menos que seja feito especialmente para a gestante), mas você poderá usar na maior parte da gestação.

A Princesa Mary sabe escolher cores delicadas e harmoniosas, bem como acessórios para o cabelo que lhe caem muito bem. Para ficar modesto, precisaria de uma blusa interna para proteger o colo. Acima, é o primeiro bebê que ela está batizando.

Este sobretudo foi usado pela princesa em algumas ocasiões. Seu corte e a maneira como ele prende no corpo deixam a barriguinha elegante. Você pode pensar em uma peça semelhante, mas com o comprimento de um blazer, já que pode não haver muita ocasião para usar tal sobretudo. Nas fotos acima: a primeira imagem traz um decote profundo que deve ser corrigido; e o vestido das outras imagens deve proteger os joelhos quando sentada.

Conjuntos monocromáticos como este – que é bastante leve – são delicados e confortáveis para o período da gravidez. Dependendo da cor, irá realçar o rosto, dando maior dignidade a quem o usa.

Acima, alguns momentos da princesa Mary com seus filhos. 

Uma das coisas que eu aprecio muito na princesa é a escolha dos tons de suas peças, bem como dos detalhes de corte ou modelagem que dão uma graça no visual. Inspire-se e fique ainda mais linda quando se tornar mãe.

Fiquem com Deus!