Noiva: detalhe

Para não perder o detalhe da renda, você não precisa abrir mão da modéstia. O segredo é usar um forro não tão opaco e nem do mesmo tom do resto do vestido. Dessa forma, a renda se destaca!50d103c26058dd62cacdd715bfdd0eee

Cenas de um casamento

Cenas de um casamento para inspirar o vestido de noiva modesto, bem como as roupas das madrinhas ou damas! Este modelo caiu muito bem na moça, com gola alta e manga média, com detalhes de renda. Faltou o véu. Mas mostra que, com simplicidade, é possível estar muito bela e única no grande dia. Vale a pena investir em modelos que fogem do convencional e das adaptações, para imprimir nossa personalidade no vestido de noiva. 

Os vestidos das madrinhas: de renda! Uma graça!

 

 

Galeria dos casamentos nobres

 

Princesa Marta Louis

Princesa Maria-Chantal, da Grécia

Rainha Elizabeth II

Princesa Letizia, da Espanha

Lady Helen Windsor

Princess Margareth

Princesa Mabel

Princess Diana

Rainha Rania, da Jordânia

Princesa Anne

Sophie, Condessa de Wessex

Sarah Fergunson, Duquesa de York

Rainha Elizabeth, a mãe.

Noivas 40’s

Salve Maria!

Neste post trago alguns vestidos de noiva da década de 40… que não foi uma década muito fácil para casar…

Nos Estados Unidos a coisa estava difícil, mas na Inglaterra estava ainda pior: foi preciso implantar um sistema de cupons com valores determinados de quanto uma pessoa poderia gastar por ano com roupas [o mesmo aconteceu com a comida]! Até mesmo a rainha Elizabeth, que se casou em 1947, só teve direito a alguns cupons a mais para fazer o seu vestido de noiva! 

Em geral, os vestidos eram simples e modestos [nos dois sentidos da palavra]. É portanto, uma boa época para se inspirar, pois a nossa época é a dos casamentos caríssimos, em que o vestido de noiva custa uma exorbitância… faz a gente pensar no real valor das coisas. Talvez a gente esteja acostumada a encontrar tudo pronto demais, e ache que não exista outra alternativa, a não ser pagar 3 mil reais num vestido alugado… isto não é verdade! Temos de re-aprender a cuidar destas coisas: quando a dificuldade vem, as pessoas se fortalecem e aprendem outros caminhos para suprir as necessidades.

Nestas fotos [acima e abaixo], vestido de noiva e vestidos de festa das convidadas.

***

Este modelo de vestido foi um dos mais copiados do período: parece um blazer fechado, com uma saia pouco volumosa…

***


A atriz Shirley Temple se casou em 1945, e seu casamento reuniu milhares de pessoas na porta da igreja.

***

Este modelo ostenta uma cauda enorme… mas isto não era muito comum nos anos 40.  Em geral, os decotes tinham um desenho que lembrava uma figura geométrica; os ombros mantém o mesmo formato largo do período, com as mangas levemente bufantes.

***


Linda foto de uma noiva da época…

***

O modelo abaixo dá uma boa ideia se você está interessada em copiar este estilo para o próprio vestido de noiva:

Um modelo relativamente simples, de mangas longas, com bordados na gola… [amei!]

Abaixo, foto de um casamento da época:

A simplicidade destes noivos me encantou! Veja como ela sorri sem nenhuma afetação, e como ela está devidamente coberta neste dia tão especial… 

Abaixo, um modelo um pouco mais elaborado, e muito bonito:

Eu achei tudo neste modelo especial: as mangas, o busto, a saia, a cauda, a renda… lindo mesmo… o corte do vestido lembrou o meu próprio vestido de noiva.

Mas nem todas puderam ter um vestido de noiva nesta época, e muitas casaram assim:

Isto é que é se adequar a própria realidade!

As moças que costuravam se davam melhor; por isso costurar é uma das metas da minha vida! Rs…

Fiquem com Deus!

Vestidos de noiva: as mangas

Traduzido por Luciana Lachance. Comentários da tradutora entre [  ].

Um vestido de casamento não é apenas a saia e o corpete. As mangas têm um papel importante no aspecto do vestido em geral, e elas têm mais impacto do que se poderia pensar inicialmente.

Você pensou em escolher o seu vestido de casamento, e lhe vem a pergunta: com ou sem mangas? Você acha que os vestidos com mangas são pouco elegantes? Ou, ao contrário, te parecem elegantíssimos, porém é o calor que te assusta? A escolha do tipo de manga depende muito do estilo do vestido e das tendências da moda, mas acima de tudo está a comodidade da noiva. 

Seja por motivos religiosos [modéstia e pudor, que exigem o recato da noiva]  ou seja por razões pessoais que seu vestido levará mangas, nós tornaremos isso mais fácil, para que faça a escolha mais adequada.

Há muitos tipos de mangas. Nós ensinaremos as mais comuns.

Mangas casquillo ou estilo japonesas: são mangas bem pequenas e arredondadas, que cobrem apenas os ombros e a parte superior do braço. Cairá bem se tiver braços muito finos [mas, para uma melhor modéstia, recomenda-se que as mangas sejam maiores e protejam mais os braços].

Mangas curtas: Este tipo de manga é um meio-termo entre os ombros e os cotovelos. É uma boa opção de quer cobrir os braços de alguma forma, [mas podendo providenciar você mesma o tamanho de suas mangas, pode fazer com que elas cheguem pelo menos até os cotovelos].

Mangas três-quartos: essas mangas chegam geralmente até os cotovelos, ou um pouco mais abaixo, na metade do caminho entre os cotovelos e os punhos. É um estilo clássico e elegante, ideal para um casamento formal ou no inverno.

Mangas farol: Rendoda e larga acima dos cotovelos, com muito franzido antes de se ajustar ao braço. Se você tem os braços muito largos antes dos cotovelos, não use essas mangas, pois eles parecerão maiores.

Mangas compridas [no desenho, “larga”]: As mangas chegarão até os pulsos e cobrirão todo o braço. Elas são ideais para um casamento elegante.

Mangas caídas: São mangas que chegam um pouco abaixo dos punhos. Podem ser feitas com material fino ou transparente, para não pesar o visual. São muito glamourosas.

Mangas tulipa: manga curta, cuja forma se assemelha à uma tulipa. Combina com todos os tipos de braços e assenta bem nos modelos mais simples. [Porém, para a modéstia, seria ideal que os braços estivessem mais cobertos.]

Mangas balão [no desenho, “globo”]: É uma manga inchada, com bastante volume em cima, que infla na parte superior dos braços, e se ajusta na parte inferior – dos cotovelos aos punhos. Se você tem os ombros ou o busto muito grande, não te favorece. Estas mangas chamam atenção.

Mangas Poeta: é uma manga comprida, larga desde os ombros aos pulsos, onde fecha em forma de cone. É um estilo encantador e romântico.

Mangas boca-de-sino [no desenho, “acampanada”]: É um desenho que favorece o vestido. Ela se ajusta dos ombros até os cotovelos, onde começa a se alargar até os pulsos. Você pode escolher o tamanho preferido: larga desde antes dos cotovelos, e sendo mais curta; [ou tradicional].

Original AQUI.